Sexta do Terror: Pânico 2 (1997)

pânico 2

Pânico e a prova viva que não podemos subestimar uma continuação

Há algumas semanas atrás comentamos aqui sobre a importância que Pânico teve no cinema em seu primeiro filme. O sucesso do longa foi tão grande que Wes Craven, assim como Kevin Williamson, sentiram-se mais que seguros para o segundo ato.

É claro que quando falamos em continuação rola uma pulga atrás da orelha, uma vez que muitas delas acabam não honrando a produção original. Entretanto por aqui as coisas foram um pouco diferentes, e assim entrando nas poucas exceções de um bom segundo filme de uma franquia.

O segundo ato de Pânico

Quando o filme começa nos deparamos com a sessão de estreia de um longa intitulado “Apunhalada”. A produção foi baseada em cima, baseado no livro escrito por Gale Weathers ,sobre a onda de assassinatos em Woodsboro.

Ao meu ver é já no momento de abertura que a certeza de que a continuação supera se torna nítido. Ok, aquele suspense todo com a personagem da Drew Barrymore tornou-se um clássico e blá blá blá, no entanto ghostface agindo no cinema, no meio de vários jovens mascarados?

Vão me desculpar, mas é de uma genialidade f**a. A morte de Maureen Evans, interpretada por Jada Pinkett Smith, foi de uma intensidade extraordinária, em que você sentia aquela energia pesada, e todos na sala assistindo sua morte. Uma cena que pra mim é emblemática.

A história agora se passa em Windsor, onde Sidney faz faculdade. Não sei se porque esse clima universitário traz mais criatividade aos roteiristas, mas confesso que as mortes foram muito mais elaboradas. O ghostface não estava para brincadeira, mostrando-se mais agressivo e violento.

Momentos memoráveis

Pra mim uma das mortes mais inesquecíveis da franquia foi de Cici Cooper. A personagem de Sarah Michelle Gellar sofreu uma perseguição bem intensa, até então ser esfaqueada pelo assassino. Em alta na época, por conta da série Buffy e também pelo filme Eu Sei O Que Vocês Fizeram no Verão Passado, sua participação foi feita na medida certa. Não foi a apunhalada propriamente que tirou sua vida, mas o arremesso violento sofrido para tal. Tivemos algo semelhante no primeiro filme com a morte de Tatum, melhor amiga de Sidney e irmã de Dewey, mas nada comparado a isso.

Outro momento memorável foi quando Dewey e Gale decidem dar uns pegas na sala de audiovisual na faculdade onde a história se passa, mas as coisas acabam não saindo como esperado. A cena do policial sendo esfaqueado brutalmente e a repórter do outro lado da porta se desesperando sem ter alternativa, foi outro ápice.

Mais quase para o final tivemos a perseguição de ghostface em cima de Sidney e Hallie, sua nova melhor amiga. As duas sendo levadas pelo assassino dentro de um carro até sofrerem um acidente foi uma sequência de muita agonia, principalmente na hora que o mesmo desaparece e mata a parceira da protagonista.

Não pegou bem

Em um momento, Pânico 2 repetiu um clichê adotado no primeiro filme. Sidney agora namorava Derek, que também apareceu de surpresa após um momento de perseguição. Outra vez vimos o namorado da final girl sendo apontado como principal suspeito. Confesso que fiquei revoltado com a hipótese, mas vindo da franquia, não me surpreenderia do óbvio ocorrendo novamente.

Conclusão

Felizmente não foi isso que aconteceu, e tivemos um grande plot twist no final. Eu já suspeitava de Debbie, uma jornalista local que era obcecada por Gale. No entanto eu desconfiava dela justamente por tal obsessão, mas não por ser ninguém menos que a mãe de Billy.

Assim como boa parte do enredo, o final também surpreendeu com a revelação dos assassinos, já que ela incentivou Mickey a ajudá-la com a nova onda de massacres. O que o primeiro filme abusou na previsibilidade, o segundo deitou e rolou na surpresa.

Por isso que, ao meu ver, Pânico 2 até o momento é o melhor filme da franquia. Com um elenco de peso, com nomes como Sarah Michelle Gellar, Jada Pinkett Smith, Jerry O’Connell e Timothy Olyphant, a produção entrou para a seleta lista de continuações muito melhores que o primeiro filme.

Até sexta que vem!

E você, gosta de Pânico 2? Deixe nos comentários e, além disso, continue acompanhando as novidades do mundo dos filmes aqui no Mix de Filmes.

Igualmente, nos acompanhe em nossas redes sociais: Instagram e Twitter.

Nota

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *