TrilhaMix: 12 anos de Mamma Mia no Brasil

Hoje voltamos a produção musical que se iniciou em 2008. Adaptado do musical teatral de mesmo nome, Mamma Mia foi, sem dúvidas, uma grande produção. Ainda mais contando com grandes nomes conceituados pela academia. A ansiedade era grande para os fãs de todas as gerações.

Produzida por Phyllida Lloyd e escrito por Benny Andersson e Björn Ulvaeus, o filme rendeu uma bilheteria de 615 milhões de dólares. No próximo sábado comemoramos 12 anos do lançamento aqui no Brasil. Portanto, o Trilha Mix dessa semana vai relembrar um pouco desse grande clássico.

A grande inspiração de volta a mídia!!

Que Abba sempre moveu multidões, todos sabemos. O grupo musical formado em 1972 foi a grande inspiração do musical. Tal produção que leva o nome de um dos maiores sucessos da banda. Aliás, não foi só Mamma Mia que trouxe grande sucesso. A seleção de músicas de ambos filmes foi feita a dedo. Certamente o filme conseguiu seu feito de trazer o grupo de volta a fama.

A receita é a básica de um grande musical. Conforme as cenas vão passando, as letras vão se encaixando na história do filme. Dancing Queen, Waterloo, Mamma Mia. Diversos foram os momentos que nos fizeram cantar, dançar e se emocionar. Sim, eu sei que você se arrepiou quando Meryl Streep cantou The Winner Takes It All. Temos momentos emocionantes sim. Embora o composto cômico do filme esteja presente em quase sua totalidade.

Um elenco já conhecido por muitos

Falando da estrela do filme, não podemos deixar de citar outros grandes nomes. Amanda Seyfried vinha de algumas produções mais adolescentes. Agarrou o papel da filha indecisa de Donna com facilidade. Igualmente tivemos Dominic Cooper, seu par romântico no filme. Agora, a produção acertou mesmo com nosso eterno 007 Pierce Brosnan. Sua química com Meryl fez com que o número musical citado acima se intensificasse ainda mais.

Contudo, a presença de Meryl foi o que levou o público a loucura. Sobretudo em suas cenas icônicas ao ver o passado tão presente. Quem viu a atriz dois anos atrás como o Diabo vestindo Prada, se encantou ainda mais pela louca Donna. Infelizmente a produção não rendeu prêmios a atriz no Globo de Ouro. Todavia, é inegável como a recepção do público rendeu um novo pedido.

Uma continuação controversa…

A continuação do filme é falada desde o momento de sua estreia. Pelo sucesso financeiro de bilheteria, os produtores preferiram dar um bom espaço de tempo entre as produções. Dez anos depois, tivemos Mamma Mia: Here We Go Again. Uma produção totalmente nova com diversas inseguranças. Por mais que o sucesso fosse garantido, alguns furos de roteiro poderiam atrapalhar. Por outro lado, a releitura de antigas canções e adição de novas produções musicais deram um toque especial.

A bilheteria não foi o alvoroço do primeiro filme, rendendo 393 milhões de dólares mundialmente. Mesmo que não tenha o mesmo sucesso, pouco se importou na mídia. As pessoas que amaram o primeiro filme, voltaram neste com o mesmo sentimento. A falta de Meryl Streep foi sentida, contudo, as surpresas do final valeram a pena. A grande sacada estava exatamente na adição de Cher a produção. Certamente foi um dos pontos altos da continuação, assim como a adição de Lily James. A versão mais jovem de Donna supriu todas as expectativas do papel tão bem feito por Meryl Streep há dez anos.

Recordar é viver!!

Dentre todas as saudades dos grandes musicais, Mamma Mia marcou uma época. Seja pelos seus números divertidos ou atuações bem trabalhadas. Por fim, o filme marcou várias gerações e ainda repercute muito bem na mídia. Espero que todos tenham conseguido sentir um pouco da saudade que nós sentimos. Continuem nos acompanhando no Mix de Filmes e Mix de Séries para mais conteúdo. Um grande abraço e até breve…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *